terça-feira, 20 de outubro de 2009

Entenda como funciona a poupança

A poupança é uma forma de guardar o dinheiro e manter o seu valor corrigido, sem correr risco. É a aplicação mais simples do país. O rendimento é recebido uma vez por mês, na data de aniversário da caderneta.

A rentabilidade é de 0,5% ao mês mais a variação da TR (Taxa Referencial). O capital é garantido até o valor de R$ 60 mil por meio do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Sobre os ganhos, não é cobrado imposto.

Em maio de 2009, o governo anunciou mudanças importantes nas regras da poupança, que passam a valer a partir de 2010. As principais: os ganhos só ocorrerão se o investidor esperar até a data de aniversário da caderneta. Se retirar o dinheiro um dia antes, perderá todo o ganho do mês.

A remuneração continua sendo feita da mesma forma. Mas a cobrança de imposto muda: antes, o dinheiro era isento de Imposto de Renda. Com as novas regras, será cobrada uma alíquota que varia de 15% a 22,5% sobre os valores guardados acima de R$ 50 mil.

Por isso, a partir do ano que vem será necessário fazer as contas para saber se a opção de investimento valerá a pena. O governo estabeleceu o percentual mínimo de 0,5% ao mês de rendimento para começar a cobrar o imposto. Sobre o valor correspondente a esse percentual, será descontado R$ 250.

Quando o valor do lucro ficar acima do equivalente a 0,5% ao mês, será cobrado um percentual de imposto que dependerá da taxa Selic (taxa básica de juros da economia brasileira).

As novas regras só valem enquanto a Selic se mantiver acima de 7% ao ano. Ou seja, se os juros continuarem em queda, o governo pode mudar novamente as regras para quem aplica na caderneta.

Créditos: R7

3 comentários:

Flavio Bianchi disse...

Há em outros países algo parecido com a poupança?

www.sualista.com.br disse...

www.sualista.com.br

Imóveis à venda disse...

Conheça o melhor site para anunciar ou encontrar o imóvel que você procura!Acesse www.IMOVEISAVENDA.net e saiba mais!!!